Project News and Updates

MOST RECENT FIRST

RELIEF / HUMANITARIAN EFFORTS
PROJECT: OPERATIONAL CENTER FOR DISASTER RELIEF
BOLIVIA

June 16, 2020

COVID19 Situation in Bolivia gets more complex

Bolivia exceeds 19,000 positive cases for Covid-19 and total deaths amount to 630

In the last 24 hours, more than 600 infections were registered, more than half of them in the department of Santa Cruz, the epicenter of the pandemic in the country.

The number of people infected in Bolivia by the new coronavirus has exceeded the 19,000 threshold on Monday, after registering more than 600 infections in a single day, more than half of them in the department of Santa Cruz, epicenter of the pandemic in the South American country.

The Bolivian Ministry of Health has confirmed 614 additional infections in 24 hours, which increases the provisional balance of positives to 19,073. In Santa Cruz alone, 317 more infected have been registered, up to a total of 11,741, evidencing an upward curve that worries the authorities.

The Defense Minister, Fernando López, announced after the meeting of the Departmental Emergency Operations Committee (COED) that a house-to-house search will begin this Tuesday in search of possible cases. It will be the “largest registry in Bolivia”, for which it has asked for the collaboration of everyone, from security forces to private companies to their own families, according to the Bolivian newspaper ‘La Razón’.

in Latercera.com


Stay strong brothers in Bolivia!

The image has the recommendations of the National Directory of Bolívia of the Templar Corps for those who have to be confined.


RESEARCH / ARCHIVE / MUSEUM
PROJECT: PORTUGUESE HERMETIC MUSEUM / ASSOCIAÇÃO MAR E SAUDADE
PORTUGAL

June 12, 2020

[Language: Português]

CAVALARIA ESPIRITUAL
A demanda gnóstica, tesouro intemporal do Ocidente

Que Portugal tome consciência de si mesmo. […]. Entregue-se à sua própria alma. Nela encontrará a tradição dos romances de cavalaria, onde passa, próxima ou remota, a Tradição Secreta do Cristianismo, a Sucessão Super-Apostólica, a Demanda do Santo Graal. Todas essas coisas, necessariamente dadas em mistério, representam a verdade íntima da alma, a conversação com os símbolos, […].

FERNANDO PESSOA
Libertemos o Nacionalismo dos seus agregados espúrios [BN: Esp. 125 A – 23r/24r]

A Ordem do Templo foi detentora privilegiada de segredos herdados da Tradição Secreta do Cristianismo, bem assim como de distintas outras fontes e quadrantes, maioritariamente de índole gnóstica, as quais, no Ocidente, num dado lapso temporal, se exprimiram por intermédio notadamente do Priscilianismo-Albigeísmo, da Matéria da Bretanha – Demanda do Graal e da Lírica dos Trovadores.

O candidato a cavaleiro Templário era avisado no acto de recepção de que não vira até então senão a aparência das coisas e que a vida que estava prestes a abraçar lhe exigiria uma tenacidade e um empenhamento incomuns e não apenas em consequência da componente militar que, essa, já ele constatara existir.

Tais segredos, concomitantemente imanentes e transcendentes, consubstanciando uma cosmogonia, uma teleologia e uma escatologia, formavam e informavam, transversalmente, quer a estrutura hierárquica, quer a práxis da Milícia.

Sendo de índole esotérica e gnóstica, a Cavalaria Espiritual praticada pelos Templários advogava e visava a submissão à vontade de Deus, mas acima de tudo a fusão com Ele, e não apenas a cega obediência aos ditames e dogmas exotéricos da Igreja Romana.

Após a suspensão da Ordem do Templo, em todo o orbe católico, a Ordem de Cristo (Ordem Templária de Portugal) tornou-se a herdeira universal de tal complexo de preceitos e práticas.

Tomar e Almourol testemunham o afirmado, sendo, em todo o mundo, os únicos lugares templários onde subsistiram vestígios materiais, palpáveis, dessa herança.

Isso, apesar dos ataques promovidos:

  • Pelo Príncipe Perfeito, D. João II, em 1484, quando assassinou pela sua própria mão o Grão-Mestre D. Diogo, e forçou a mudança de rumo do Projecto Templário;
  • Por D. João III, em 1529, ao encomendar a Frei António de Lisboa a reforma da Ordem de Cristo, a qual se cifrou num suposto desmantelamento do núcleo duro da instituição mediante a expulsão da totalidade dos freires iniciados, a par da destruição dos arquivos e de inúmeras evidências físicas das Ordens do Templo e de Cristo, com o intuito de erradicar de forma sistemática toda e qualquer memória do Projecto Templário.

Sem embargo de perturbada na sua estrutura externa (exotérica), o núcleo interno (esotérico) da Ordem de Cristo persistiu incólume e sem solução de continuidade, adaptando o seu magistério às novas circunstâncias, na, justamente denominada, Lusitânia Transformada.

Os Livros de Cavalaria, até então ancilares na pedagogia da Cavalaria Espiritual, metamorfoseiam-se. Doravante, os Livros de Pastores (Novelas Pastoris), apascentadores do Amor Platónico no seio de cenários bucólicos e florestais e sob um manto, em aparência, apenas literário, passam a cifrar a via gnóstica da Cavalaria Espiritual.

A conduta, eminentemente melancólica, dos Pastores em apreço, irmanados em Companhias, Ajuntamentos e Academias, invariavelmente, lideradas por um Maioral, manteve-se intensa até finais do século XVIII, alcançando a viragem do século XX, e concedendo a iniciação a Fernando Pessoa e a outros da sua geração, antes de “entrar em dormência”.

Com efeito, as várias dezenas de Obras cifradas, geradas pela ponderada actividade dos denominados Cavaleiros do Amor, constituem a derradeira, genuína e exclusiva fonte de acesso à tradição gnóstica da Cavalaria Espiritual em todo o mundo ocidental.

Por intermédio de uma tradição jamais interrompida, logo dispensando os revivalismos e os revisionismos, criados “ex-nihilo” e por medida, tão comuns nas abordagens disponíveis, a via da Cavalaria Espiritual, não obstante oclusa e mistérica, é susceptível de desvelar-se, surpreendendo pelo Rigor e pela Caridade do seu magistério, todos quantos se disponham a enveredar pelo estudo e meditação proficientes dos manuais em apreço.

É para tal que são convocados todos os companheiros filiados na Saudade Associação que desejem aprofundar experiencialmente (mediante um saber de experiência feito) o único sistema iniciático tradicional que remanesce no Ocidente.

No próximo dia 20 de Junho de 2020 (sábado), a partir das 14.30 h, realizar-se-á no Museu Hermético Português (Vila Nova da Barquinha) uma primeira reunião presencial durante a qual serão transmitidos aos afiliados detalhes adicionais, bem como serão adiantados esclarecimentos sobre os procedimentos propedêuticos a adoptar com vista a encetar o programa de trabalho individual no âmbito do PROJECTO CAVALARIA ESPIRITUAL.
Os afiliados impedidos de comparecer pessoalmente poderão, mediante utilização da respectiva palavra-passe, participar em directo, on-line, na reunião.

Manuel J. Gandra

Nota: A participação neste ambicioso projecto de investigação está aberto aos membros do Templar Corps Internacional no quadro do Protocolo com a Associação Mar e Saudade. Os interessados devem enviar um email secretary@templarcorps.org